Abertura: De terça a domingo.

Praça D. João III, 2

5210-190 Miranda do Douro

aniversário museu miranda

O Museu da Terra de Miranda, em Miranda do Douro, assinala de 17 a 22 de maio, o seu 40º Aniversário, com um programa que inclui a apresentação pública do projeto de ampliação e remodelação do Museu da Terra de Miranda, orçado em cerca de 1,2 Milhões de Euros, com comparticipação do Programa Operacional Norte 2020.

O Museu da Terra de Miranda terá, ao longo dos próximos anos, uma significativa intervenção no seu edifício, bem como no seu discurso expositivo, dotando-o de uma museografia contemporânea. Não perdendo de vista o seu objetivo de difusão da cultura antropológica local, esta reformulação do seu discurso permitirá afirmar o Museu da Terra de Miranda como uma referência de e para o território.

De acordo com Celina Pinto, Diretora do Museu da Terra de Miranda, esta intervenção e ampliação, vem marcar uma nova etapa da história do Museu.

Em primeiro lugar, vem proporcionar “condições dignas ao funcionamento desta instituição, que se quer capaz de cumprir a sua missão museológica de conservação, salvaguarda, interpretação e comunicação do património cultural, assim como, o reforço de constituição de equipas, de parcerias e redes de trabalho, objetivando o desenvolvimento de um trabalho estrutural”.

Em segundo lugar, vem possibilitar a “criação de novos conteúdos, permitindo a aproximação a uma museologia atual, mais sensitiva e interativa, sentida e partilhada num espaço de referência que ultrapassa a dimensão local”, considerando que este museu é detentor de um “potencial antropológico/etnográfico incondicionalmente único no contexto nacional”.

“Acreditamos que esta intervenção poderá contribuir para o reforço da coesão territorial e para o incremento do turismo e do desenvolvimento da região”, sublinha Celina Pinto.

Em termos de discurso, pretende-se reforçar a importância da dimensão geográfica, do sentido de territorialidade que está subjacente à leitura da região, da sua paisagem e da sua história, da sua língua, dos seus modos de viver e da sua cultura.

O Museu da Terra de Miranda é um museu etnográfico situado na cidade de Miranda do Douro. Situado no centro histórico, encontra-se instalado na antiga “Domus Municipalis” da cidade, edifício setecentista datado do séc. XVII. Fundado por António Maria Mourinho, a sua abertura ao público ocorreu a 18 maio de 1982.

Programa das Comemorações dos 40 anos do Museu da Terra de Miranda  

Semana de 17 a 22 de maio

Terça 17

Atividade Educativa – LS ZEINHOS DE L PASTOR – Desenhos Mirandeses

 Entrega das camisolas aos alunos da AEMD – l museu sempre a bulhir

Quarta 18

15h00 –  Apresentação pública do projeto de ampliação e remodelação do Museu da Terra de Miranda pela equipa da DRCN – Estará presente a Diretora Regional de Cultura do Norte, Laura Castro.

16h00 – Homenagem ao fundador do Museu da Terra de Miranda:

 – José Francisco Meirinhos FLUP –  Intervenção sobre o Fundador do Museu.

– Xerardo Perez UTAD – Intervenção sobre Museus de Etnografia

– Balbina Mendes Artista Plástica – Apresentação da obra do Dr. Mourinho

Oferta da Pintura “Eiterna i Nobre Hardança”, pelo Município de Miranda do Douro ao Museu da Terra de Miranda.

17h00 – Lançamento do cancioneiro III Volume – Mário Correia convidado a falar sobre a obra.

Momento simbólico de homenagem a funcionários que fazem 40 anos ao serviço do Museu da Terra de Miranda – Rosa Silva

Animação de rua Gaiteiros da Casa – Paulo Meirinho – Pedro Almeida e Tozé Ferreira.

Quinta 19

Teatro Infantil Estação das letras com sessão para os alunos das Primeiro Ciclo de Miranda do Douro às 11h00 e às 15h00

Sexta 20

 Inauguração da Feira de Antiguidades

Lançamento do catálogo da exposição Territórios Musicais

21h30 – Festival de Musica Tradicional com os grupos– Musicas da Raya e Çarandas

Sábado 21 – Feira de Antiguidades

15h00 – Animação de Rua com gaiteiros da Associação Lérias

Workshop de Dança – Com Suzana Ruano

21h30 – Festival de musica tradicional com os grupos – Jambrina e Madrid folk, Trasga, Quinteto Reis

Domingo 22 – Feira de Antiguidades e fecho das festividades