Abertura: De terça a domingo.

Praça D. João III, 2

5210-190 Miranda do Douro

Lançado concurso para remodelação do Museu

Museu Terra de Miranda fachada

Acaba de ser lançado o concurso para a remodelação do Museu da Terra de Miranda, sob gestão da Direção Regional de Cultura do Norte. O investimento, de cerca de os 800 mil euros, visa transformar o espaço numa “referência nacional no campo da etnografia”, como assinala a Diretora do Museu da Terra de Miranda, Celina Pinto.

Uma nova museografia, mais contemporânea, interativa e atrativa, sedimentada numa também nova narrativa museológica, nascerá no Museu da Terra de Miranda, que após a intervenção abrirá ao público com mais espaço, ao integrar no conjunto do museu mais dois imóveis adjacentes às atuais instalações.

Com um investimento total de cerca de 800 mil euros, o Museu da Terra de Miranda prepara-se para encarar os desafios do futuro, num momento especial para a instituição, que em 2022 celebra os 40 anos da sua criação.

“Urgia atualizar este museu, atualizar o espaço e a narrativa dos discursos no sentido de acompanhar a atual evolução da museologia”, sublinha Celina Pinto, que acredita que a intervenção no Museu da Terra de Miranda poderá contribuir para o reforço da coesão territorial, desenvolvimento da região e incremento do turismo, a partir de um espaço detentor de um “potencial antropológico/etnográfico incondicionalmente único no contexto nacional”.

A intervenção, que marca uma nova etapa na história do Museu da Terra de Miranda, contempla obras de ampliação, remodelação e atualização de espaços técnicos administrativos e a criação de uma nova narrativa museológica, colocando o museu em linha com as atuais exigências museológicas, num espaço cultural que é já de referência na região onde se insere.

Fortemente enraizado no tecido urbano de Miranda do Douro, o museu continuará a reforçar, em termos de discurso, a importância da dimensão geográfica, do sentido de territorialidade que está subjacente à leitura do próprio território, da sua paisagem e da sua história, da sua língua, dos seus modos de viver e da sua cultura.

A remodelação do Museu da Terra de Miranda é realizada ao abrigo do Programa Operacional Norte 2020.

Remodelação Interior e Ampliação do Imóvel

A intervenção terá por objeto a remodelação e valorização das áreas de acolhimento e apoio a visitantes e a ampliação para áreas de apoio (serviços) e áreas de musealização (circuito expositivo) com integração no conjunto do museu de dois imóveis adjacentes às atuais instalações: um a Sul, designado corpo anterior, e outro a Norte, designado corpo anterior. Tendo em conta a área das instalações atuais – com 448 m2 – e a área do imóvel adjacente – com 100 m2 -, o espaço dedicado ao acolhimento e apoio a visitantes – corpo sul das instalações atuais, e o corpo único do imóvel adjacente (a remodelar e valorizar) – corresponde a cerca de 45% das áreas atualmente disponíveis do Museu.